A queda de um invicto- Pós-jogo Semana 7

Após a semana de bye (semana 6) o Seattle Seahawks foi para o State Farm Stadium, no Arizona e perdeu para a equipe do Arizona Cardinals por 34 x 37. Atuação péssima da unidade defensiva marcam a partida, assim como a atuação abaixo do padrão  de Russell Wilson.

(Foto:Reprodução/Seattle Seahawks)

O confronto

O jogo começou eletrizante! Foram 17 pontos no primeiro quarto, e 2 touchdowns da conexão Wilson & Lockett que foi fundamental para a maior vantagem dos Seahawks no jogo de 20 x 7 no final do 2 quarto. Seattle conseguiu 377 jardas no 1 tempo de jogo, totalizando 27 pontos e uma boa vantagem de 10 pontos no final do primeiro tempo. Já a defesa cedeu apenas 216 jardas para a equipe dos Cardinals, sendo apenas 30 jardas terrestres.

No segundo tempo o ataque fez apenas 7 pontos e a defesa finalizou o jogo totalizando 519 jardas sendo 159 jardas corridas. Um péssimo segundo tempo para uma equipe que teve um desempenho exemplar na primeira etapa. Foram 3 turnovers da equipe dos Hawks contra 2 da equipe dos Cardinals. Ênfase para a interceptação retornada para 90 jardas de Budda Baker, e o turnover de Wilson na prorrogação que acabou sendo decisiva para a posição do Field Goal que fechou a vitória do Arizona.

Russell Wilson

Sempre exaltamos a qualidade de um jogador de elite, mas ele também tem dias ruins! E foi o caso de Wilson no Sunday Night Football. Russell Wilson não fez bom jogo, finalizando 33-50 nos passes, apesar dos 3 touchdowns ele teve também 3 interceptações e muitas falhas nas leituras de passe marcaram uma noite péssima do camisa número 3.

Defesa

A consistência é a palavra chave que precisa ser levada em consideração quando falamos da defesa de Seattle. A dificuldade em ter um Pass Rush efetivo é um enorme problema para a equipe de Pete Carroll. Jamal Adams S, que ficou de fora pelo 3º jogo seguido, é o líder da equipe em sacks com 2 , uma estatística preocupante. Com um pass rush ineficaz Kyler Murray terminou o jogo com 360 jardas  e 67 jardas corridas, a defesa conseguiu forçar 2 turnovers e parar uma 4ª descida crucial, mas não ameaçou em nenhum momento o Quaterback de Arizona, que teve facilidade em escalar o pocket e conseguir corridas efetivas para converter 3ª descidas e ajudar a recuperar o jogo terrestre de sua equipe.

Tyler Lockett

O melhor jogador de Seattle na partida! Lockett finalizou o jogo com 15 recepções, 200 jardas e 3 Touchdowns, Tyler teve 53.0 no Fantasy Points VS Arizona, maior marca em um jogo de um WR desde Steve Largent na semana 6, de 1987 (59.1 pontos).

Pass Rush

Um assunto que já se tornou recorrente! E que infelizmente é um enorme ponto de interrogação. A ineficiência do Pass Rush de Seattle é surpreendente, para se ter uma idéia, Myles Garret DE dos Brows tem 9 sacks na temporada, mesmo número que toda a defesa dos Seahawks no mesmo período. Trocas devem ser especuladas no decorrer da semana, mas o poder de negocio da equipe de Washington é relativamente pequeno, devido as trocas na offseason e baixo poder de barganha com relação a jogadores.

Seattle agora detém uma campanha de 5-1 na temporada, agora com a 2ª melhor campanha da Conferência Nacional, atrás do Chicago Bears (5-1) que leva vantagem nos critérios de desempate. Os Hawks continuam liderando a NFC West  seguido por Arizona (5-2).

One Reply to “A queda de um invicto- Pós-jogo Semana 7”

  1. Engraçado que não vejo ninguém apontar o Carrol como culpado dessa defesa medonha mesmo usando as escolhas altas de draft na defesa devo ser um dos poucos que o vê como um técnico decadente que está vivendo as custas do qb esse time não vai passar do wc novamente.

Deixe uma resposta