A nova linha ofensiva do Seahawks é melhor ou pior que as anteriores?

A linha ofensiva é notadamente o maior problema de Seattle nos últimos anos, mas para essa temporada esta unidade parece passar por uma reformulação, vieram nomes pela Free Agency, Draft e nomes foram cortados. Seguindo as análises dos possiveis titulares de cada unidade, hoje vamos falar de Linha ofensiva, pra quem não leu já analisamos os nomes de nossa Secundária.

Na free agency a equipe trouxe 4 nomes para a linha ofensiva, sendo eles: BJ Finney, Cedric Ogbuihi, Chance Warmack, Brandon Shell. Perdeu na própria Free Agency alguns nomes como: George Fant e Germain Ifedi.

Via Draft Seattle pegou apenas um nome, O Guard de LSU Damien Lewis, nome que chega como pilar dessa reformulação.

Pós draft como esperado Seattle cortou DJ Fluker e Justin Britt, livrando 12 milhões no Salary cap, o que demonstra que Seattle pode se movimentar ainda no mercado.

Após todos esses movimentos iremos analisar qual a possível OL titular de da equipe:

LT – Duane Brown

Com 34 anos o jogador mais experiente dessa linha ofensiva construiu sua carreira no Houston Texas, até se transferir para Seattle a 3 temporadas, chegou com bastante impacto em nossa OL, sendo um dos poucos que sua maior qualidade era proteger passes e não abrir corridas como os demais. Vai possuir um grande papel nesta reformulação da OL já que temos nomes novos que precisam de um líder para se inspirar e o Duene pode ser esse líder.

LG – Mike Iupati

Um grande conhecido de Seattle por já ter atuado por dois rivais de divisão (Cardinals e 49ers), chegou na temporada passada parecendo que seria a mudança de nossa Linha ofensiva, um jogador que abre bem os espaços para corridas, mas que também bloqueia e protege muito bem seu Quarterback, mas quando atuou não inspirou toda aquela confiança que o consagrou, pouco menos jogou o que apresentou em outras temporadas. Esperasse que nessa temporada esteja melhor fisicamente e apresente um bom jogo dominando mais o playbook.

C – BJ Finney

Vindo dos Steelers uma franquia com uma OL impecável há anos, Finney na minha opinião corre a frente nos aspecto de jogar como center, apesar de ser um Guard de origem atuou pelos Steelers como Center e desempenhou um bom papel. Com anos tem tudo para ser um dos nomes dessa reformulação e pode render bons frutos em Seattle. Finney demonstra ser um jogador que não comete muitas faltas, possui apenas 3 na carreira sendo apenas um holding.

RG – Damien Lewis

Vindo do Draft numa escolha de terceira rodada este é o principal expoente de uma possível reformulação da OL até por sua característica de jogo, um bloqueador de passes nato, o que leva a crer que podemos alterar nosso estilo de jogo ofensivo trazendo uma predominância de passses. Com quase  kilos o jogador absurdamente físico já declarou que quer proteger seu QB o que já demonstra seu comprometimento a equipe.

RT – ?

A posição da incógnita, após não renovar com o Germain Ifedi que acabou indo para os Bears, parecia que iriamos atrás de um nome via draft o que não ocorreu, trouxemos através da free Agency  nomes que podem jogar na posição sendo eles Chance Warmack e Brandon Shell, nessa briga eu apostaria no Shell.

 

Afinal a OL melhora ou não? Como declarei na nossa live que ocorre todo sábado as 20:00hrs no nosso instagram, não pode-se afirmar se ocorre uma melhora ou não, mas dá pra afirmar que o pensamento da OL muda de uma que abre corridas como foi quando tínhamos Fluker e Britt, e passa a ter uma característica mais voltada para passes.

One Reply to “A nova linha ofensiva do Seahawks é melhor ou pior que as anteriores?”

  1. Dizer que perdemos o ifedi era brincadeira né rs isso foi um reforço, quanto a nossa ol já sabemos a política de Carrol e sua trupe então não espero nada dai abs.

Deixe uma resposta