Prospectos #16: A.J. Dillon

Seguindo com mais um jogador da série “Prospectos”. Hoje iremos falar do Running Back A.J. Dillon.

(Foto: Getty)

Running Back… Sim podemos escolher um no draft, porém este vem com um objetivo muito especifico, ser o power rusher, aquele RB das 3ª descidas curtas, físico e que não cai no primeiro tackle, perfeito né!? Bom, vamos a análise do A.J. Dillon.

LEIA: Prospectos #11– Josh Jones

LEIA: Prospectos #12– Julian Okwara

LEIA: Prospectos #13 – Logan Stenberg

INFORMAÇÕES BÁSICAS

College: Boston College

Classe: Junior

Altura: 6’0 (1,82 metros)

Peso: 247 lbs (112 KG)

Braços: 31,5 in (80 cm)

Mãos: 9,5 in (22,8 cm)

 

RESULTADOS DO COMBINE

40 Yard Dash: 4,53s

Bench Press: 23reps

Vertical Jump: 41 (1m04cm)

Broad Jump: 131 (3m32cm)

3 Cone Drill: 7,19s

LEIA: NFL Combine

LEIA: Prospectos #14– Zack Baun

LEIA: Prospectos #15 – Ross Blocklock

ESTATÍSTICAS

(Foto:bceagles.com)

Premiado como rookie do ano da ACC em 2017;

Premiado como jogador ofensivo da ACC em 2017;

Nomeado para o primeiro time da ACC em 2018.

PONTOS POSITIVOS:

Dillon é um jogador premiado como vimos acima, se mostrou muito eficaz em Boston College. Um monstrinho, um RB de 112 KG mostra que não será fácil derruba-lo e também excelente jogando pelo meio da OL.

Na mesma joga que o vídeo acima, porém por outra câmera, para mostrar sua força, neste caso no stiff arm.

Um jogador que sabemos que aguenta grandes cargas de corridas, teve 2 temporadas que correu mais de 300 vezes e muitos jogos com mais de 150 jardas, seria um power rusher muito bom para nosso elenco.

PONTOS NEGATIVOS:

Um jogador que corre muito bem, pouco para falar sobre isso, mas ele não é um jogador que é muito ágil, seus tackles quebrados são sempre na força – Não que seja demérito – mas poderia ganhar esta arma eu seu repertorio.

Algo que é um dos fatores para ele estar tão baixo nos boards, ele não recebe passes, pelo menos recebeu muito pouco em Boston College. E como a NFL está cada vez sendo uma liga dos quarterbacks, receber passes acaba sendo vital para um running back.

AVALIAÇÃO GERAL

AJ Dillon é muito do termo “8 ou 80”, seu jogo terrestre mostra que é sua excelência, forte, poucos fumbles na sua carreira mas, seu jogo aéreo é bem deficiente, começou a receber passes essa temporada, por isso indico está projeção no Draft.

Projeção no Draft

4ª RODADA.

 

Gostou?

Deixei seu feedback abaixo.

Deixe uma resposta