Prospectos #13: Logan Stenberg

Seguindo com mais um jogador da série “Prospectos”. Hoje iremos falar do Guard Logan Stenberg.

 (Foto: IconSportswire, Getty)

Como já dito, iremos analisar somente os jogadores que Seattle já entrevistou, Logan está dentro deste quesito, um guard muito dominante em seus anos em Kentucky.

LEIA: Prospectos #8 – Bradley Anae

LEIA: Prospectos #9– Grant Delpit

LEIA: Prospectos #10– Lamar Jackson

INFORMAÇÕES BÁSICAS

College: Kentucky

Classe: Senior

Altura: 6’6 (1,98 metros)

Peso: 317 lbs (143 KG)

Braços: 32 in (81 cm)

Mãos: 10 in (25,4 cm)

 

RESULTADOS DO COMBINE

40 jardas: 5.30s

Vertical Jump: 26 (66 cm)

Broad Jump: 104 (2m64cm)

3 Cone Drill: 8s

20 Yd Shuttle: 4.83s

LEIA: NFL Combine

LEIA: Prospectos #11– Josh Jones

LEIA: Prospectos #12– Julian Okwara

ESTATÍSTICAS

Jogou 39 jogos consecutivos como titular.

Permitindo em 2019 APENAS UMA PRESSÃO ao QB

Nomeado para o primeiro time da conferencia SEC em 2019.

Nomeado para o segundo time All American em 2019.

Nomeado para o terceiro time da PFF como Guard em 2019.

Capitão do time em 2019.

PONTOS POSITIVOS:
Stenberg é uma montanha, 1m98cm de altura e com mais de 140 KG empurrar este jogador não é fácil, pelo contrário, ele que empurra seus adversários.

Teve uma temporada fantástica este ano, permitindo apenas um pressão ao QB. Logan usa seu tamanho e força para dominar e paralisar os DL.

Chega ser absurdo o que ele faz no 1vs1

Os gaps(aberturas) que ele faz para o RB chega ser absurdo. Stenberg foi um dos maiores responsáveis a ajudar o Benny Shell Jr. a chegar as 1000 jardas terrestres em 2017 e 2018.

PONTOS NEGATIVOS:

A velocidade é a principal deficiência do jogador correu 5.30s no tiro de 40 jardas, isso chegar ser ruim porque, quando ele irá bloquear no segundo nível chegará muito atrasado para ajudar os recebedores ou o RB.

Outro ponto são as jogadas de passe, não é seu forte, mesmo que ele tenha apenas 1 pressão cedida este ano, também teve 14 penalidades marcadas contra ele, grande parte sendo nos passes.

AVALIAÇÃO GERAL

O jogador mostra indícios de ter um bom teto. Forte, dominante e excelente no jogo terrestre, todo esse talento fica escondido nas quantidades de faltas que ele comete. Não espero ele na semana 1 como titular, principalmente em franquias que tendem a passar mais a bola.

Poderá ser lapidado durante a temporada, pois o esquema ofensivo de Kentucky é voltado para o jogo terrestre, assim podendo ser utilizado em jogadas de terrestres.

Projeção no Draft

5ª RODADA.

 

Gostou?

Deixei seu feedback abaixo.

Deixe uma resposta