Prospectos #11: Josh Jones

Seguindo com mais um jogador da série “Prospectos”. Hoje iremos falar do Tackle Josh Jones.

(Foto: Icon Sportswire, Getty)

Podemos ter um OT decente ao lado do Brown nesta temporada e um bom futuro na franquia. O LT de Houston tem tudo que Seattle gosta, uma boa envergadura e muita força. Então vamos a análise.

LEIA: Prospectos #6 – Antonio Gibson

LEIA: Prospectos #7 – Ben Bredeson

LEIA: Prospectos #8 – Bradley Anae

INFORMAÇÕES BÁSICAS

College: Houston

Classe: R-Senior

Altura: 6’5 (1,95 metros)

Peso: 319 lbs (144 KG)

Braços: 33 in (83,8 cm)

Mãos: 10 in (25,4 cm)

RESULTADOS DO COMBINE

40 Jardas: 5.27s
Bench Press: 24reps
Vertical Jump:
28.5 (72,3 cm)
Broad Jump:
109 (2m76 cm)

LEIA: NFL Combine

LEIA: Prospectos #9– Grant Delpit

LEIA: Prospectos #10– Lamar Jackson

ESTATÍSTICAS

Jogou 45 jogos como Left Tackle

Jogou 973 snaps em 2018 e 2019, e permitiu apenas 10 pressões ao quaterback.

Nomeado ao segundo time da conferencia American Athletic Conference em 2019.

Nomeado ao segundo time na preseason da conferencia American Athletic Conference em 2019 e 2018.

Capitão do time em 2019.

PONTOS POSITIVOS:

Um jogador com uma grande envergadura, boa qualidade física e ele possui uma excelente capacidade para jogadas terrestres e aéreas. Seu bloqueio em segundo nível é muito bom, houve um lance que ele empurrou o Zach Baun, OLB de Wisconsin por 10 jardas nos treinos do Senior Bowl.
Neste vídeo abaixo se resumi bem o jogador.

Muito dominante contra seus oponentes e sabe usar seu tamanho a seu favor.

PONTOS NEGATIVOS:

Jones não tem um footwork muito bom, muitas vezes perdendo o equilíbrio em algumas jogadas como essa.

Apenas um notificação, mas não vi problemas, Jones teve uma lesão no joelho em 2017, aparentemente 100% curado, mas não deixa de ser importante notar.

AVALIAÇÃO GERAL

Um jogador que tem algumas coisas a evoluir, como seu movimento dos pés e que leva ao equilíbrio melhor tambem. Vale sim Seattle investir no Josh Jones, um jogador que poderia ganhar muito participando da rotação neste primeiro ano e, quem sabe “roubar” a vaga de titular quando o RT oscilar. Caso “draftado” por Seattle, futuramente viraria nosso LT, daria uma bom respiro ao Russell Wilson no Pocket.

Projeção no Draft

1ª RODADA.

 

Gostou?

Deixei seu feedback abaixo.

Deixe uma resposta