Phillip Dorsett é o novo alvo de Russell Wilson

Photo by Bryan Lotch 

O Wide Receiver de 27 anos ex Patriots e Colts chega a Seattle para compor o corpo de recebedores e ser nosso WR3, já que existe o impasse da suspensão de Josh Gordon. A posição de WR3 ficou vaga desde que Josh Gordon foi suspenso pelo uso de maconha, problema que ele enfrenta a um longo tempo, com este entrave Dorsett chega para ocupar esse espaço, é claro com menos talento que o Gordon.

A escolha 29 no draft de 2015 permaneceu por 2 anos em Indianapolis e foi trocado para os Patriots pelo Jacoby Brisett em 2017. Com 71 jogos na carreira, 124 recepções, 1634 jardas de recepção e 11 Touchdowns. Os números demonstram uma boa capacidade em se manter saudável além de ser efetivo em recepções de curta distância.

 

Na ultima temporada o jogador conseguiu 397 jardas e 5 TD’s por New England, desempenhando um papel similar do que ele vai desempenhar em Seattle. Ao longo da carreira ele não conseguiu se mostrar como um WR1 ou WR2 por onde passou, no máximo um bom reserva, mas para o atual cenário de Seattle ele faz o feijão com arroz já que ele não briga nem de longe com Lockett  e DK.

Aqui está uma jogada do que ele pode oferecer em Seattle, recepções curtas que são importantes para o jogo:

Dorsett demonstra um problema em correr rotas longas e muitas vezes parece perdido em campo, para segurar o posto deve ficar mais atento em campo, principalmente se Josh Gordon acabar voltando para Seattle.

No mais, é outra arma para Wilson que agora conta com um corpo de recebedores bem completo e que já modifica as necessidades do draft 2020 que o foco deve ser as trincheiras tanto na linha ofensiva quanto a defensiva. Para WR3 está de bom tamanho.

Deixe uma resposta