Packers at Seahawks – Pré Jogo

Como vão vocês meus camaradas torcedores dessa maravilhosa franquia, estamos aqui hoje pra falar um pouco sobre esse grande jogo de hoje a noite, que promete ser mais um dos ótimos TNFs que curiosamente estamos tendo esse ano.

Como já está virando tradição, mais uma vez os Seahawks de Seattle enfrentarão Rodgers e os Packers de Green Bay, nunca é jogo fácil, na verdade poderíamos ate dizer que é, mas não pra gente.

Exceção feita ao famigerado jogo da Fail Mary há 6 anos atrás e ao Championship Game jogado há 3, todos os encontros anuais entre ambas as franquias tem sido um festival de turnovers por parte de Russell Wilson e vida tranquila pra Aaron Rodgers, mas e esse ano o que esperar? E sabido que o lendário QB de Green Bay não vem fazendo o seu melhor ano na carreira, muito pelo contrario, baleado por uma contusão ainda na semana 1, Rodgers vem atuando de forma mais contida no pocket, sem a mesma mobilidade que o consagra, a defesa melhorou em relação aos últimos anos mas ainda não é uma coisa completamente diferente, bons nomes no ataque continuam apresentando avanços, mas não o que se esperava e se previa na intertemporada.

Seattle vem no meio da caminhada mais dura na temporada, jogos contra Chargers e Rams resultaram no que era mais esperado, derrota, mas nem tudo é ruim, foram derrotas onde a vitória esteve sempre ali, flertando, sendo que são duas das melhores franquias da liga, é justo afirmar que Seattle sai dos confrontos com a moral ainda positiva, a equipe terá de volta a presença dos cruciais DJ Fluker e Chris Carson, ambos peças chave na implementação do muito bom jogo corrido de Seattle versão 2018, ainda mais se levarmos em conta que Green Bay tem uma das piores defesas da liga contendo o jogo terrestre adversário.

Do lado da franquia de Wisconsin, as ausências podem ser sentidas, o CB Kevin King, os LBs Nick Perry e Blake Martines não jogam, tornando as coisas ainda piores nas trincheiras, contra uma das equipes que mais sacks tem conseguido esse ano, Rodgers pode ter problemas, mas nada que impeça o melhor QB da liga a conseguir um grande jogo, e aqui está a questão.

A chave pra vitória de Seattle está em limitar Rodgers nos passes em profundidade assim como também nos passes curtos, ou seja, teremos de pressiona-lo com 4 jogadores o jogo todo, conseguir isso será essencial. Nossa defesa apesar das perdas, que estamos já carecas de conhecer, continua mantendo um ótimo nível, continua dando as possibilidades para o ataque vencer jogos, infelizmente por conta de problemas crônicos no playcalling e em muitos momentos a ausência de Russell na decisão da melhor coisa a se fazer a cada snap, torna nosso ataque previsível já ali a partir do segundo ou terceiro drive, ai está a chave para Mike McCarthy (contestadíssimo já nesse ponto do campeonato em Green Bay) explorar essa deficiência, mandar blitzes, conter o jogo terrestre nos primeiros 2downs, forçar terceiras pra mais de 5 jardas, fazendo isso, vencer Seattle não será tão complicado.

Fora isso há pontos interessantes no jogo, como a volta de Jimmy Graham ao Century Link, como a lei do ex sempre é implacável, prevejo um Jimmy na RedZone com pelo menos 1 TD, Davante Adams sempre ótimo pode ser uma ameaça e tanto, o irregular (muitas vezes excelente mas em outras deixa a desejar) Shaquill Griffin terá trabalho marcando homem a homem, essa pode ser uma das historia do jogo.

Tudo indica uma grande batalha, diria que para o lado de Seattle, conseguir manter a pressão no QB é o essencial pra se vislumbrar a vitória, ao passo que Green Bay precisa apenas conter o extremamente previsível ataque de Seattle. Seattle é favorito por conta do fator casa, jogar em nossos domínios nunca é tarefa das mais fáceis, pro desfalcado Green Bay será um problema, mas enfrentar Aaron Rodgers nunca é certeza de absolutamente nada no que diz respeito a previsão de vitória, não me surpreenderia com uma vitória dele em mais uma noite péssima da nossa sideline no playcall, e turnovers por parte de Russ, coisa que tem sido muito muito comum contra Green Bay nos últimos anos.

 

É isso galera, que tenhamos sorte e consigamos uma vitória ainda muito importante se continuamos pensando em playoffs, hoje é o grande jogo pra decidir se permanecemos na batalha ou se de uma vez por todas, saímos dela.

Deixe uma resposta